Passeio pelas margens do rio Caima, em Palmaz

Caminhada

 

Apesar da ameaça de mau tempo, o sol deu um ar da sua graça e fizemos o passeio com bom tempo. Apesar de curto em distância, foi enorme em beleza e em recantos para admirar e “saborear”.

Iniciamos o passeio ao longo das margens do rio Caima, em Palmaz (Oliveira de Azemeis), utilizando as estruturas construídas em passadiços de madeira e as travessias do rio através de pontes pedonais, que nos permitiram a circulação em toda a área envolvente e a possibilidade de admirar calmamente a verdejante natureza.
Nos espaços não intervencionados, foi possível embrenhar-mo-nos pela floresta dentro e apreciar a variedade da vegetação, as cores e os cheiros, admirar os açudes e pontes e os pequenos recantos escondidos…
Ainda podemos espreitar a zona entre a antiga fábrica de papel do Caima, construída em 1871, que foi a primeira fábrica de produção de pasta química em Portugal e uma das mais importante durante décadas.

Continuamos a descoberta do caminho, em jeito de aventura e terminamos de alma cheia e com vontade de mais.

“Não é fácil descortinar em Portugal outro mais grandioso e espectacular… A Terra é verde e o céu é azul; é tudo verde e azul com raras pintas brancas do casario, que mais do que moradias de homens parecem janelas da própria paisagem.

Nas noites de luar, quando o grande balão de oiro surge na lomba das montanhas, o vale enche-se de magia, dum sortilégio que paira desde os píncaros longínquos às águas sussurrantes do Caima”

Ferreira de Castro

IMG_2395

IMG_2510

IMG_2514

IMG_2500

 

IMG_2505

 

IMG_2484

IMG_2506

IMG_2477

IMG_2478

IMG_2475

IMG_2462

IMG_2456

IMG_2433

IMG_2408

IMG_2400

IMG_2399

IMG_2387

IMG_2394

IMG_2391

IMG_2389

IMG_2388

IMG_2377

IMG_2374

IMG_2378

IMG_2514

Tags: , , ,
Posted in Actividades | No Comments »

Leave a Reply