Pedro Olayo Filho… saudade!

Foi com enorme consternação que a Arcádia – Associação de Arte e Cultura em Diálogo, recebeu a notícia do falecimento do querido e grande amigo PEDRO OLAIO FILHO.
Sem poder traduzir os verdadeiros sentimentos que nos assolam neste momento difícil, vimos por este meio endereçar as nossas sentidas condolências.
E é pelas palavras sentidas, profundas e carinhosas da nossa querida Dulcineia Loureiro que prestamos a nossa singela homenagem.

” Pedro aqui estamos para partilhar contigo as nossas conversas inacabadas .
Tu és um homem sem idade que faz parte de nós .
Tu estás sempre disponível para ensinar o que é a solidariedade,a humildade a disponibilidade a sensibilidade,a ternura ,a amizade .

Ensinas,porque praticas todos estes valores .
Praticas quase pedindo desculpa por seres quem és .
Ris connosco e também choras em silêncio quando te sentes impotente, perante a nossa tristeza.
És tão grande como ser Humano quanto Artista .
O teu atelier mudou-se para o Céu .
Fico curiosa de ver o que vais pintar .

É que tu pintas com toda a sensibilidade que te vai na alma .
Pintas a vida cheia que tens .
Tu és um sedutor, nas conversas, no riso espontâneo, nos galanteios, nos fados que cantas de voz rouca .

Continuo a sentir o teu abraço cheio de ternura. de amizade. de alegria .
Mas confesso, só esse abraço me vai ajudar nesta saudade do tamanho do mundo.”

Dulcineia Loureiro

Fotos: Inauguração da exposição de Pedro Olayo (Filho), na Quinta Outeiro da Luz, sede da Associação Arcádia – Arte e Cultura em Diálogo, em 03 de agosto de 2013.

 

Posted in Sem categoria | No Comments »

Leave a Reply